1883
Visualizações
Acesso aberto Revisado por pares
Revisão

E-cigarette or Vaping Product Use-Associated Lung Injury (EVALI): uma revisão

Henry Martins Soares Fortes1; Pedro Pinheiro Barros1; Letícia Lima Freitas1; Yne Kivia Dikauá Santos Feitosa1; Lorenna Rodrigues Pellegrino de Azevedo1; Rodrigo Simões Duarte Severiano1; Pedro Sá de Oliveira Costa1; Maria Letícia de Melo Santana1; Fernando José Pinho Queiroga Júnior1,2

DOI: https://doi.org/10.5935/2764-1449.20230008

Resumo

Este estudo propõe a revisão da literatura científica disponível sobre EVALI, para discutir a sua epidemiologia, características clínicas, diagnóstico e tratamento da doença. Para tal, foi acedida a base de dados PubMed, utilizando os seguintes descritores: “EVALI”, “E-Cigarette”, “Lesão pulmonar aguda”, “Falha respiratória”, “Vaping” e “Juuling”. Epidemiologicamente, a doença é mais frequente em jovens adultos do sexo masculino, tendo sido observadas elevadas taxas de doenças psiquiátricas associadas em estudos nesta população. Clinicamente, EVALI apresenta não especificamente, principalmente com sintomas respiratórios e gastrointestinais, sendo diagnosticada com um historial de “vaping” nos últimos 90 dias, resultados radiológicos consistentes e exclusão de outros diagnósticos. O tratamento é semelhante a outras formas de insuficiência respiratória, com oxigenoterapia e suporte ventilatório se a saturação <95, além de tratamento precoce com corticosteróides e terapia antimicrobiana. Devido à não padronização dos cigarros electrónicos e à recente identificação da doença, são ainda necessários mais estudos para estabelecer directrizes mais específicas para o seu diagnóstico e tratamento.


O CONTEÚDO DESTE ARTIGO NÃO ESTÁ DISPONÍVEL PARA ESTE IDIOMA.


Licença Creative Commons Todo o conteúdo da revista, exceto onde identificado, está sob uma Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International license